O Projeto Rosie

UM LIVRO SOBRE IDENTIDADE, O RACIONAL E O AMOR

Imagem

“Don Tillman, 39 anos, bonito, atlético e incrivelmente inteligente.” Esta seria a descrição do carismático protagonista desse romance num site de relacionamentos, deixando de lado apenas alguns pequenos detalhes cruciais e contraditórios, como suas baixíssimas habilidades sociais e sua dificuldade em sentir empatia.

Contraditórios, porque Don nos conquista mais rapidamente do que se possa dizer “Asperger”; ele não precisa e não tenta, mas ganha, facilmente, os corações dos leitores, com suas peculiaridades. Sua racionalidade e pensamento concreto além do comum, rendem momentos muito divertidos; o caro leitor se pegará rindo à toa por aí ao imaginar as situações cômicas em que o personagem se mete.

Um dos pontos fortes desse livro é, não só o humor, como também a naturalidade com que a “Síndrome de Asperger” é retratada, fica claro que Don é incomum, mas não se faz um grande drama em torno disso, o que poderia reduzi-lo a um diagnóstico.

Pensando em seu futuro, em se casar e formar uma família, e com a ajuda de suas habilidades de pesquisador, o professor e geneticista desenvolve um questionário com a pretensão de selecionar uma futura esposa totalmente compatível com ele e começa a selecionar sua amostra.

Rosie é vegetariana, desorganizada, irracional, fumante (fumante!) e completamente inadequada para o Projeto Esposa de Don, totalmente incompatível com a companheira organizada, pontual e saudável que ele procura. Mas não seremos ingênuos, caros leitores, não podemos ignorar o título do romance: “O Projeto Rosie”, é claro que Rosie está anos-luz de ser descartável na história contada pelo geneticista, é tão importante e interessante quanto ele. Aliás, outro ponto forte são os personagens, principalmente, Don e Rosie, são bem construídos e muito originais, não sinto que, ao ler outros livros e me desvencilhar da história, logo esquecerei quem são.

Enfim, trata-se de um romance leve, divertido e, mesmo assim, rico e profundo. Pode ser lido em poucas horas, mas assim como Don aprende a fazer com certos momentos, vale a pena prestar mais atenção e apreciar cada página tranquilamente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s