Da série de Textos Aleatórios:





Um pequeno parágrafo que achei nos arquivos do meu tumblr:

Escrevo meu silêncio na esperança de ser ouvida, mas só ouço o estalar dos ponteiros a me importunar. Sempre à espera de algo para me preencher, mudar as linhas, transcender. A ânsia toma conta de mim e nem sabe se explicar, quer qualquer coisa nova para se alimentar. Quer sonhos, anseios, quer me habitar.

Um pensamento sobre “Da série de Textos Aleatórios:

  1. Nós não só queremos ser ouvidos como precisamos disso para seguir (e definir) nossos rumos.
    O homem é um ser social, é fato e ponto final. Mas esse mesmo agrupamento acaba nos tirando vontades e sonhos, tira de dentro de nós aquele sonho bonito e nos faz crer que ele é a mais pura idiotice juvenil. Depois crescemos e ficamos velhos chatos e azedos.
    Não deixe lhe tirarem o que existe de mais puro dentro de você, se a ânsia chama para tomar o corpo deixe-a dominar de vez! É assim que se decola!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s