Speak Now (or forever hold your peace)


  O que eu gosto de ler em review de álbuns é o povo falar de música por música..e me interessa muito os significados e curiosidades por trás de cada música..isso a gente encontra no Songfacts, um site muito interessante para nós desocupados( estou usando 2ª pessoa pra me sentir menos forever alone nesse blog abandonado). Vamos falar então de cada música de Speak Now, novo Cd da Taylor Swift, esqueça a versão deluxe, eu ouvimas é muita coisa pra comentar..tem umas 50 bônus..

  Lembrando que esse álbum ela escreveu sozinha, é claro que nas gravações os produtores vão dando roupagem, mas a essência foi ela.. porque normalmente o povo faz música com compositores super experientes que tem poços de criatividade no quintal de onde saem os sucos de luz de True Blood.
 Só pra constar, é só o que eu achei agora..posso mudar de idéia e estou longe de ter embasamento para fazer uma crítica..nada muito aprofundado..Lá vai:


Ps(antes da quebra de linha).: Vale a pena ler o que ela escreveu na parte de agradecimentos. AQUI



Mine – Vou confessar que quando ouvi “Mine”, pensei que ia ser igualzinho ao último álbum, mas entendi que é o primeiro single e traz muito de “Fearless” para fazer uma transição mais gradual..Não que Speak Now seja muito fora do contexto de Taylor, mas houveram mudanças, evoluções.

Sparks Fly – É uma música antiga e já tocada em alguns shows, foi colocada no álbum pela reação positiva do público no show..Mas convenhamos que se ela cantasse “A dança da manivela” no show DELA o público também ia adorar..Nada contra..só não me cativou muito por enquanto.

Back To December – Uma das minhas favoritas. Dizem que ela escreveu pro Taylor Lautner, mas isso não importa..É uma música de desculpas, é honesta e humilde..sei lá..viciei, mas já estou passando o vício para “Mean”. 
Sabe quando tem um Cd que você gosta praticamente inteiro? O favoritismo das faixas vai variando com o passar do tempo.. Ps.: Fiquei com um pouquinho de vergonha alheia quando ela fala da pele bronzeada dele.

Speak Now – Foi meu vício junto com “Back To December” ainda ouço no repeat, mas está passando.. A faixa título do álbum, é sobre uma história de uma amiga e o namorado que terminaram depois do high school, mas pensavam em voltar depois e ela fiocu sabendo que ele ia casar com uma mulher totalmente “errada”..enfim.. É bem “You Belong With Me” e vai ser Sususucesso. já é..

Dear John – Dizem que o John da música é o John Mayer, fiquei chocada, mas vai saber se é verdade..até que faz sentido ser ele, eles se conhecem, ela participou de “Half Of My Heart”..é tal coisa, a gente acaba enxergando o que quer.
Aqueles slides de guitarra por toda a música são a cara dele.. Ela mencionou em entrevistas que deixa pistas para as pessoas em referência..se for pra ele, ele sabe. 
Anyway, no começo achei meio boring, mas estou gostando, já grudou na minha cabeça, e não de uma maneira “babe”.

Mean – Na minha opinião uma das melhores, senão a melhor do álbum. Vai ser hit mesmo com toda a pegada country, que deixou a música toda original. Na letra parece uma criança falando “someday I’ll be big enough so you can’t hit me” . É resposta para as críticas não construtivas que ela recebe. Eu também encaixaria nos bullies, sabe gente que não faz nada da vida e só quer saber de destruir a alheia, então, “All you’re ever gonna be is mean”.

The Story of Us – Quando ouvi a introdução achei que estava ouvindo o álbum de outra pessoa, mas logo veio a voz inconfundível da Taylor e uns acordes de..o que..banjo?. Como eu disse, não é uma review profissional, longe disso.  
Seria quase um clichê PopRock meio Disney, mas eles (produtores + Taylor) conseguem deixar com a cara dela e está na fila de próximo vício.

Never Grow Up – É fofíssima, na vibe “The Best Day”, talvez melhor.

Enchanted – Mais uma narrativa bem Taylor Swift, sempre que eu ouço umas dessas músicas, consigo imaginar com detalhes as cenas..gostei da estrutura diferente de fechar as estrofes com “Enchated to meet you”, e usar como pré e retomar no refrão. 
Narra toda a epopéia que passa pela nossa cabeça quando conhecemos alguém especial, mesmo que por muito pouco tempo..toda a imaginação do que poderia ser..e sei lá..Também é baseada em fatos reais (vide songfacts)

Better Than Revenge – Dei rewind pro começo várias vezes..adorei o “Now go stand in the corner and think about what you did”. Dizem que é sobre Camilla Belle que talaricou Joe Jonas, e já que ela já escreveu sobre ele..sobrou pra semi brasileira. Também currrti o “she took him faster than you could say sabotage”

Innocent  – É  a música que ela escreveu para Kanye West, por causa do auê no VMA.. Interpretando a música no geral, cabe a alguém como todos nós que comete erros que muitas vezes acabam nos representando para os outros, mas muitas vezes são só erros aleatórios e não definem nosso caráter. Tem a ver com o Quote de Being Erica postado anteriormente.

Haunted –  É outra que com a introdução eu pensei estar ouvindo outra coisa. Essa também é bem legal, tem uma melodia bem forte e os strings dão um clima dark.

Last Kiss – Não há muito o que dizer, o nome já diz..é música de break up..meio clichê, mas se ela fez deve ter necessitado o desabafo. Tem coisas que a gente precisa dizer, mas não sabe como..às vezes é mais fácil cantar.

Long Live – É épica. Foi feita para a banda e o povo que a acompanha na estrada. Eu sempre quis escrever uma música desse tipo, que narra uma epopéia, mesmo que fictícia ou que romatizasse fatos banais, no melhor estilo viva la vida. Currti os gritinhos dela de fundo..”This is our song.!” 

Das bônus do deluxe, destaco “Ours“, que é uma graça.. “So don’t you worry your pretty little mind..People throw rocks at things that shine”. Mas vale a pena ouvir todas, só estou com preguiça de comentá-las.


No geral eu gostei muito, e ela está merecendo outros Grammys.!

É isso.. e você? Ouviu alguma? O que achou? Não ouviu e nem pretende?

Prove a sua existência leitor.!

Um pensamento sobre “Speak Now (or forever hold your peace)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s